sexta-feira, 23 de julho de 2010

O inesperado no momento certo

Dar o que é mais necessário, a quem mais precisa.
Receber, no momento em que achamos ter tudo.

Dar no momento certo, no momento mais inesperado.
Receber de dia quando navegamos à noite.

Para perceber que era preciso, mesmo quando não se tem consciência disso.

Porque não lembramos o que nos dizem.
Lembramos o que nos fazem sentir.

2 comentários:

lady.bug disse...

parabéns :)

Paulo Jacinto Rodrigues disse...

Vindo de quem vem, muito me honra o seu comentário!

Ainda hoje penso no que é que me deu naquela noite de Ignite em desatar a meter conversa com 2 perfeitos desconhecidos sentados na plateia - mal sabia eu que estava na presença da ilustre Lady Bug. lol